combater o frio

Meias de compressão para varizes, como funcionam?

por

 Meias de compressão para varizes funcionam? Essa é a pergunta que boa parte das pessoas que sofrem com má circulação sanguínea costumam fazer.

A má circulação afeta homens e mulheres, principalmente acima dos 30 anos, e pode causar vários problemas nas pernas, como inchaço, dores e varizes.

A preocupação leva as pessoas a acelerarem a busca por soluções e muitas delas – até por indicação de amigos – acabam conhecendo as meias de compressão.

Por isso, vamos explicar neste artigo como funcionam as meias de compressão para varizes.

meias de compressão para varizes

Entendendo o que são as meias de compressão

Antes de conhecer os benefícios, é preciso entender o que são as meias de compressão, também chamadas de meias elásticas medicinais.

A utilização da terapia de compressão é um recurso secular, já as meias de compressão são das décadas de 40 e 50, quando as primeiras meias começaram a ser produzidas.

Existem referências, embora não possamos comprovar, de que as primeiras roupas de compressão foram produzidas por Conrad Jobst, fundador da marca de meias de compressão Jobst.

Conrad foi um médico nascido na Alemanha que sofria de insuficiência venosa, uma condição de falha nas válvulas, ou a dilatação das veias provocando um fluxo insuficiente de sangue venoso elevando a pressão cardíaca.

Ele percebeu que ao nadar em uma piscina o inchaço diminuía, ele conclui que esse resultado ocorria pela pressão que água exercia no entorno da perna, a partir dessas percepções este médico pioneiro começou a desenvolver a primeira meia de compressão.

Meias de compressão nos dias atuais

Com a evolução das máquinas, dos processos de fabricação e o aprimoramento dos tecidos, se chegou em um momento onde as meias medicinais são o resultado de um processo industrial complexo e tecnológico, com diversos profissionais envolvidos e milhões de dólares investidos em pesquisa e desenvolvimento.

As boas opções do mercado são feitas com elastano, lycra, algodão peruano e egípcio e poliamida (nylon) dos melhores produtores internacionais.

O entrelaçamento dos fios cria um direcionamento da compressão a partir das extremidades (pés e tornozelos) em direção ao centro, o seja a meia oferece uma compressão maior no tornozelo e menor na panturrilha, com isso o sangue venoso é direcionado das extremidades para a parte superiro das pernas.

Como falaremos mais adiante existem vários tipos de meias de acordo com a intensidade de compressão.

Cada meia é indicada para determinados problemas circulatórios, ou mesmo para prevenção como no caso de gestantes, em viagens de longa duração. Além da prevenção de trombose venosa profunda (TVP), durante cirurgias, nesse caso são conhecidas como meias antitrombo.

As meias são vendidas em lojas especializadas já que demanda um atendimento personalizado, é necessário que se verifique as medidas de circunferência das pernas cada pessoa, isso por que as meias possuem diferentes tamanhos não só para atender a circunferência da perna como também a altura.

Em geral, elas são vendidas nos tamanhos P, M, G e GG, EGG e modelos 3/4 (a meia termina logo abaixo do joelho), ou 7/8 (termina na metade da coxa), meia-calça, ou meia-calça gestante.

Por todas essas peculiaridades percebe-se que meia de compressão é um recurso que precisa da prescrição de um médico vascular, este profissional saberá indicar a meia de compressão mais adequada para cada caso.

No vídeo abaixo você pode conferir um pouco de como é uma indústria de meias de compressão:

 

Como agem as meias de compressão para varizes?

Nas pessoas com problemas de circulação, o sangue tem dificuldade em voltar ao coração e completar o ciclo.

A dificuldade pode ocorrer por algum entupimento nas veias. As varizes, inchaços e dores surgem quando o sangue não volta normalmente ao coração.

A solução é pressionar levemente a panturrilha para ajudar no bombeamento do sangue. Podemos utilizar como analogia a mangueira de jardim.

Quando pressionamos levemente a mangueira, a água esguicha com mais pressão. Acelerando a velocidade e o alcance do jato de água. E é isso que fazem as meias de compressão.

A força da pressão exercida vai depender do tipo da meia, se é de leve, média ou de alta pressão.

Em geral, a de suave pressão serve para prevenção de varizes e dores. A de média ajuda a melhorar a circulação de quem já está com varizes. E a de alta pressão é indicada para quem tem muito inchaço e dores agudas.

 

Quem deve usar as meias de compressão para varizes?

As varizes, inchaços, dores e sensação de perna pesada costumam afetar alguns grupos de pessoas, entre eles:

– Quem fica muito tempo sentado;

– Quem fica muito tempo em pé;

– Viajantes de longos períodos em carro, ônibus e avião;

– Gestantes;

-Idosos;

– Pessoas com sobrepeso ou obesas;

– Quem tem histórico na família;

– Indicada também por médicos para prevenção de trombose durante procedimentos cirúrgicos.

Apresentando sinais como, inchaço, dores ou varizes nas pernas, é sinal de alerta. Nesses casos é possível que a indicação para meia de compressão ocorra.

Porém, não é preciso esperar pelos problemas para começar a usar as meias. Elas são indicadas também para prevenção das varizes.

 

Leia também

Como prevenir escaras ou úlceras por pressão

 

É preciso algum tipo de cuidado ao usar as meias de compressão?

Como todo produto que tem o objetivo de melhorar a saúde das pessoas, o uso das meias de compressão deve ser indicado por médico.

Falsificações e despreparo no repasse de informações, podem confundir o consumidor. Por isso a importância da consulta com o médico.

Também é importante reconhecer revendedores autorizados, reparados para prestar o atendimento necessário.

Nessas lojas há sempre profissionais treinados para apontar as melhores opções para as necessidades de cada pessoa.

 

Mas, afinal, meias de compressão para varizes funcionam?

Sim. Há diversos estudos científicos no mundo todo que já comprovaram a eficácia das meias de compressão.

Inclusive, o seu uso é aprovado pelos principais órgãos que regulamentam os produtos para saúde, como a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

 

Conclusão

Avalie a possibilidade de optar por este produto para prevenir e combater as suas varizes.

O importante é sempre fazer a escolha consciente de produtos de qualidade e com orientação de quem entende do assunto.


Profissional consultado:

Maurício José de Carvalho Filho – CREFITO-8 6685-F
Fisioterapeuta com especialização em traumato ortopedia

 

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *