8 Dicas para aliviar a dor lombar. Experimente estas alternativas para o seu bem-estar

por

A dor lombar é uma das razões mais comuns pelas quais as pessoas vão ao médico ou faltam ao trabalho. Também é uma das queixas de muitas pessoas que trabalham em pé ou ficam sem se movimentar durante um longo tempo.

Sendo assim, estima-se que pelo menos oito em cada 10 indivíduos experimentaram a dor lombar em algum momento da vida. E, para milhões de brasileiros, esses episódios são crônicos ou persistentes, o que significa que é mais do que apenas uma dor aqui ou ali.

Agora, os brasileiros passando cada vez mais tempo em casa (e talvez sendo menos ativos) por causa da pandemia de COVID-19, a dor nas costas está afetando ainda mais e mais pessoas.

Todavia, felizmente, há muitos passos que você pode seguir em casa para ajudar a encontrar o alívio da dor nas costas. E, assim, desfrutar de mais saúde, bem-estar e sem dores que causam desconfortos.

Por essa razão, o blog Mobraz resolveu reunir 5 dicas para aliviar a dor lombar onde poderá ajudá-lo nesse tempo. Então, confira a seguir:

8 Dicas para aliviar a dor lombar – Experimente estas alternativas para o seu bem-estar

 

1 – Fique ativo e se movimente

A atividade física regular ajuda a fortalecer os músculos, incluindo os que sustentam a coluna. Assim sendo, de acordo com o Dr. Maurício José de Carvalho Filho, especialista em dor intervencionista e coluna, ele explica:

“Quando você não faz os exercícios de que seu corpo precisa, os músculos das costas e da coluna ficam fracos. Logo, isso causa menos suporte para a coluna e leva à dor a longo prazo”

Mesmo aqueles que sofrem de dor nas costas, eles se beneficiam de exercícios regulares. Portanto, procure fazer uma atividade de baixo impacto, como caminhar, praticar ioga ou nadar por 30 minutos, pelo menos três dias por semana.

2 – Alongue e fortaleça os músculos da região lombar

Dr. Maurício explica ainda que o núcleo, que inclui os músculos abdominais e até os quadris, ajuda a fornecer força e estabilidade à coluna. Então, passe algum tempo em exercícios que fortalecem e alongam os músculos abdominais, como ioga ou tai chi.

Desse modo, se a ioga ou o tai chi estiverem fora da sua zona de conforto, tente alguns alongamentos suaves ao longo do dia. Com isso, ajudará você a soltar e fortalecer os músculos que sustentam a coluna.

Além disso, uma toalha enrolada também pode ajudar a aliviar a tensão nas costas. Para isso, deite-se no chão e coloque a toalha sob a pélvis.

Em seguida, relaxe os quadris sobre a toalha. Enfim, esse movimento simples pode ajudar a soltar os músculos tensos da parte inferior das costas.

3 – Mantenha um peso saudável

Quilos extras significam pressão extra no corpo, incluindo a coluna. Assim sendo, Dr. Maurício reforça:

“A perda de peso pode realmente ajudar a melhorar a dor nas costas porque reduz a quantidade de força mecânica na coluna”.

Desse modo, seu médico pode auxiliá-lo a desenvolver um plano para ajudá-lo a perder peso com segurança. Logo, um peso saudável também ajudará a melhorar sua saúde geral, reduzindo as dores nas costas e o risco de problemas graves de saúde.

4 – Pratique uma postura adequada

Sentar e ficar em pé mantém a coluna alinhada, o que, por sua vez, reduz a pressão na região lombar. Então, faça um esforço para prestar atenção à sua postura ao longo do dia:

Para isso, faça o seguinte:

  • Mantenha a cabeça erguida e os ombros para trás quando estiver de pé ou caminhando.
  • Os pés devem estar apoiados no chão ao sentar;
  • Sente-se ereto com os ombros relaxados e o corpo apoiado nas costas da cadeira;

Também é importante levantar e caminhar por um ou dois minutos quando você estiver sentado em sua mesa o dia todo. Por fim, faça alguns alongamentos e realmente faça seu sangue circular.

5 – Use gelo ou calor

Uma bolsa de gelo ou almofada de aquecimento pode ajudá-lo a encontrar algum alívio para a dor lombar. Geralmente, o gelo pode ajudar a reduzir a dor causada por inflamação ou inchaço. Já o calor pode relaxar os músculos tensos ou rígidos.

Então, recomenda-se experimentar calor e gelo para ver qual deles o ajuda melhor. Mas, fica um alerta para usá-los apenas por 20 minutos de cada vez e pular as duas abordagens se estiver usando cremes ou pomadas nas costas.

8 – Utilize um suporte lombar

Existem almofadas e suportes específicos para a coluna lombar. Pessoas que trabalham muito tempo sentada ou em pé geralmente em algum momento da vida relatm crises de dor lombar, nesses casos recorer a um colete lombar pode ser ma boa alternativa.

O colete lombar não resolve a casua do problema, no entanto roporciona um alívio considerável no sintomas. O colete auxilia os músculo a suportar a carga na região lombar, além de corrigir a postura, resultando em alívo da dor.

Outra alternativa é a utilização de almofada para coluna, especialmente para quem trabalha muito tempo sentado. A almofada posiciona a lombar de maneira anatômica reduzindo a dor na região.

Almofada Lombar

 

Colete lombar

 

 

7 – Pare de fumar

Fumar tem efeitos negativos de longo alcance na sua saúde, incluindo o enfraquecimento da coluna. Além disso, a retirada dos nutrientes dos discos que protegem as articulações.

Na verdade, a pesquisa indica que os fumantes têm quatro vezes mais probabilidade de apresentar doenças degenerativas do disco ou outros problemas na coluna.

Portanto, é bom se esforçar em parar de fumar.

8 – Considere um suplemento

Comer uma dieta bem balanceada com foco em frutas e vegetais é a melhor maneira de obter para o corpo os nutrientes de que necessita. Alguns nutrientes (e especiarias) podem afetar suas costas:

  • A vitamina D fortalece os ossos, incluindo a coluna;
  • O magnésio suporta músculos fortes;
  • A cúrcuma (uma especiaria) pode ajudar a acalmar a inflamação.

Se você acha que não está recebendo o suficiente de um desses nutrientes, converse com seu médico. Enfim, vocês podem trabalhar juntos para criar um plano seguro e eficaz para você – e suas costas.

Até aqui você descobriu 8 dicas para aliviar a dor lombar e esperamos que você tenha anotado todas elas. Certamente, você se sentirá muito melhor depois de aplicar todas ou quase todas essas dicas.

E que tal comentar sobre o que leu? Assim sendo, você pode deixar um conselho para quem está nessa situação. Também se quiser, compartilhe com os seus familiares e amigos. Até breve!


Profissional consultado:

Dr. Maurício José de Carvalho Filho – CREFITO-8 6685-F
Fisioterapeuta com especialização em traumato-ortopedia, Quiropraxia e Liberação Miofascial.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *