Meia de Compressão – Usos, benefícios e como escolher a ideal?

por

Meia de compressão é um recurso eficaz na prevenção e no combate aos problemas circulatórios nas pernas, desde que usadas adequadamente. Logo, é o que afirma Celso R. Bregalda, médico da divisão de cirurgia vascular do Hospital das Clínicas de São Paulo.

De acordo com WebMd, um site americano especializado na medicina, ela é feita de forma ajustável e elástica que apertam suavemente as pernas. Então, basicamente, as meias de compressão melhoram o fluxo sanguíneo.

Desse modo, elas podem diminuir a dor e o inchaço nas pernas, problemas circulatórios como também reduzir as suas chances de ter trombose venosa profunda (TVP), um tipo de coágulo sanguíneo.

Também há muitas pessoas que usam essa meia compressiva para ter mais conforto, para minimizar os efeitos do pé gelado. Ademais, para ter melhor desempenho no esporte e ajudar a prevenir problemas mais graves pela falta de circulação do sangue.

Devido a todas essas condições indesejáveis, abaixo você conhecerá mais sobre essa meia de compressão. E descobrirá seu uso e benefícios.

Além disso, saberá como acertar na escolha, o modelo ideal que seja conforme a sua necessidade, tamanho e utilidade.

Meia de Compressão – Usos, benefícios e como escolher a melhor?

A meia de compressão é uma meia de vários comprimentos. Além disso, é projetada para apertar suavemente as pernas um pouco mais que a meia normal.

Segundo Georgeanne Botek, especialista em podologia, ela diz:

“A principal intenção é promover uma melhor circulação sanguínea nas pernas”

Assim sendo, seu uso reduz e previne o inchaço. Também ajuda no fluxo sanguíneo quando você fica sentado por muito tempo como, por exemplo, em um voo longo de avião ou em filas de espera.

Quando usar as meias de compressão?

As meias de compressão são meias funcionais feitas para a necessidade de melhorar os problemas nas pernas, tais como:

  • Inchaço, pés gelados, veias varicosas, dor nos pés e qualquer tipo de complicação semelhante.

Desse modo, é recomendado o uso da meia compressiva ou meia para varizes (por ser benéfica para reduzi-las). Sendo assim, ela possui compressão que proporciona rigidez e pressão no músculo da perna.

Com isso, melhora a circulação sanguínea e acelera a recuperação da lesão ou complicações. Além disso, essa compressão ajuda os vasos sanguíneos a funcionarem melhor.

Logo, garante que o movimento eficaz do sangue para o coração seja assegurado de maneira adequada. E quando isso acontece é possível obter um excelente desempenho em seu dia a dia, nas tarefas e nas atividades.

Enfim, use-a nas seguintes condições:

  • Edema (inchaço) dos membros inferiores;
  • Insuficiência venosa: incapacidade das veias de bombear o sangue de volta para o coração;
  • Varizes: veias dilatadas, inchadas e torcidas. Assim sendo, aparecem em tom azul ou roxo escuro. Além disso, as varizes ocorrem quando as válvulas com defeito nas veias permitem que o sangue se acumule ou flua na direção errada;
  • Trombose venosa profunda (TVP): ocorre quando o fluxo sanguíneo diminui nos membros inferiores. Por exemplo, devido à falta de movimento por várias horas após a cirurgia, viagens longas de voo etc., acumula sangue nas pernas e forma coágulos;
  • Linfedema: Acúmulo de fluido linfático nas pernas;
  • Flebite: inflamação das veias;
  • Gravidez: durante a gravidez ocorre compressão das principais veias e hormônios, o que causa inchaço nas pernas.

Benefícios da meia de compressão

Não importa a sua idade ou o seu nível de atividade, a meia de compressão pode fornecer benefícios imensos para o seu corpo. Sendo assim, confira abaixo alguns dos seus principais benefícios:

  • Melhora a circulação sanguínea nas pernas;
  • Previne úlceras;
  • Impede que o sangue se acumule nas veias das pernas;
  • Melhora a drenagem linfática;
  • Reduz o inchaço nas pernas;
  • Diminui a hipotensão ortostática, que causa tontura ou instabilidade ao se levantar;
  • Reduz a dor;
  • Proporciona alívio para músculos fatigados;
  • Previne a formação de coágulos sanguíneos nas veias das pernas;
  • Reduz as veias varicosas.

Como escolher a ideal?

A escolha das meias de compressão começa com a funcionalidade que você precisa que elas tragam. Assim sendo, existem muitas razões diferentes pelas quais você precisa usá-las e variam de fins recreativos a tratamento médico.

Primeiro, descubra porque você usará as meias elásticas, isto é, de compressão. Então, elas serão usadas ​​para alcançar uma melhor circulação sanguínea, manter os músculos aquecidos, eliminar a vibração muscular ou tudo isso?

Logo, é para conforto durante longos períodos sentado ou em viagem? Ou você fica de pé o dia todo no trabalho e deseja reduzir as dores e o cansaço nas pernas?

Ou ainda, você acabou de fazer uma cirurgia e precisa aumentar a circulação dos membros operados? Você também pode estar tendo sintomas de inchaço e dor e diminuição da circulação devido a condições médicas como diabetes, linfedema ou veias varicosas.

Desse modo, seja qual for o caso, quando você identifica o propósito que deseja que as meias de compressão atendam, você pode ter mais clareza com a escolha do tipo ideal da meia de compressão.

Partindo disso, abaixo estão algumas dicas de como fazer a melhor escolha!

  • Para fins recreativos, esportivos – escolha um nível de compressão inferior de 15-20 mmHg, pois é adequada para proporcionar conforto nas atividades diárias de lazer e boa recuperação esportiva;
  • Para atividades de alta intensidade ou se precisa controlar sintomas leves de desconforto – escolha o nível entre 20 a 30 mmHg, pois são mais seguras;
  • Meça a sua panturrilha para saber o ajuste certo e adequado da meia de compressão;
  • Marcas principais que oferecem ótima qualidade: Sigvaris, Selecta, Jobst, Venosan.

Como lido, a meia de compressão é uma maneira de aliviar dores nas pernas, reduzir os pés gelados, melhorar o fluxo do sangue, dentre outras funções que exerce para o seu bem-estar físico.

Meia de Compressão

Portanto, se você sofre com essas condições, então, conte-nos a sua experiência no tratamento. E, se gostou, comente e compartilhe.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *