atividade fisica no inverno

Atividade física no inverno: dicas para não perder o pique nos dias frios

por

A queda nas temperaturas por todo país faz com que muitas pessoas desistam de praticar esportes. Contudo, há bons motivos para deixar a preguiça de lado e fazer atividade física no inverno.

Sair debaixo do edredom e encarar o treino pode ficar mais fácil seguindo alguns cuidados. Acompanhe o artigo para descobrir como amenizar os efeitos do frio no corpo.

Continue lendo para saber mais.

exercicios físicos

Vantagens de praticar atividade física no inverno

Quem se dispõe a acordar cedo para se exercitar durante o inverno pode colher diversos benefícios.

Listamos bons motivos para não desistir de fazer atividades físicas na época mais fria do ano.

1) Preservação da temperatura corporal

Durante essa estação, a queda de temperaturas deixa o nosso metabolismo mais lento. Consequentemente, o organismo tem mais dificuldade de se manter aquecido.

Exercitar-se nessa época do ano ajuda a evitar esses efeitos, principalmente se a pessoa der preferência a atividades aeróbicas.

 

2) Manutenção do condicionamento físico

Nosso corpo precisa ser constantemente estimulado para manter o condicionamento físico. Por isso, quem deixa a academia durante o outono e o inverno acaba regredindo em suas condições de saúde.

A continuidade da atividade física durante todo ano favorece a manutenção do tônus e da força muscular.

 

3) Melhoria da disposição

Nos dias quentes, praticar algumas atividades físicas com grande gasto energético pode ser bem desagradável e desconfortável.

As temperaturas amenas do inverno favorecem a prática de atividades físicas mais intensas, permitindo que pessoa possa explorar novas modalidades e até mesmo melhorar o seu condicionamento físico.

 

4) Preparação para o verão

A tradicional corrida para as academias no começo da estação mais quente do ano é pouco efetiva para colocar o corpo em dia. Por isso, quem quer estar em forma para o verão deve começar a praticar exercícios desde já.

Estima-se que o corpo leve, em média, três meses para começar a responder aos estímulos da atividade física.

 

5) Melhoria da qualidade de vida

Quem faz exercícios físicos com regularidade tem mais qualidade de vida. Romper com o sedentarismo é favorável para:

  • melhorar a qualidade do sono;
  • evitar o estresse;
  • combater a depressão e o mau humor;
  • regular a produção hormonal;
  • manter o peso ideal.

 

Cuidados que devem ser tomados no inverno

Agora que você já se convenceu da importância da prática de atividade física no inverno, é importante ficar atento a alguns detalhes.

Pacientes com problemas cardíacos ou pressão alta precisam ter mais cautela antes dos treinos.

Isso porque em dias mais frios, os vasos sanguíneos ficam naturalmente mais contraídos, o que compromete a circulação.

A contração dos vasos, por sua vez, aumenta ainda mais a pressão arterial, podendo sobrecarregar o coração.

O risco é ainda maior quando os termômetros marcam temperaturas inferiores a 14 graus. Abaixo disso, o sangue pode não circular suficientemente pelo organismo, causando danos à saúde.

Para evitar chegar a esse ponto, é necessário seguir algumas recomendações.

1) Agasalhar-se adequadamente

As extremidades do corpo são as que mais sofrem com a exposição aos ventos gelados do inverno. Portanto, é essencial cobrir as mãos, os pés e a cabeça adequadamente para evitar a perda de calor.

Luvas, gorros, meias e toucas que cubram as orelhas são boas opções para manter o corpo aquecido em ambientes abertos.

Em temperaturas extremas, outra opção é usar roupas térmicas. São camisas e calças com tecido especial que ajuda a preservar a temperatura corporal.

Roupas com tecido emborrachado ou plástico não são indicadas. Já em relação às meias, peças de algodão ou fibra de bambu são boas escolhas para facilitar a absorção de suor.

Meias de compressão também ajudam a melhorar a circulação.

 

2) Dar atenção aos alongamentos

Fazer alongamentos antes de começar a prática de atividade física evita lesões e ajuda a preparar o corpo para o que está por vir.

Os alongamentos relaxam e aquecem a musculatura, evitando a sobrecarga para o organismo e para o coração.

 

3) Evitar o choque térmico

De nada adianta chegar à academia bem agasalhado, suar durante o treino e depois ir embora com o corpo exposto. O choque térmico é prejudicial aos pulmões e ao coração, dificultando a respiração.

O ideal é que a pessoa troque a roupa suada do treino por uma limpa antes de sair na rua.

 

4) Manter o corpo hidratado

Engana-se quem pensa que a hidratação é importante apenas durante o verão. Muitas pessoas acabam se esquecendo de beber água com a queda das temperaturas, o que favorece a desidratação.

É recomendado ingerir líquidos antes, durante e depois a prática de atividade física no inverno.

Evite chás diuréticos e cafés, pois eles podem aumentar a sensação permanente de sede.

 

5) Optar por ambientes fechados

Quem realiza atividades ao ar livre pode mudar a rotina e passar a fazê-los em casa. Troque as ruas frias pela academia climatizada do condomínio ou até mesmo por um cômodo da sua casa.

Caminhadas e corridas na esteira e pedaladas na bicicleta ergométrica são opções interessantes e viáveis para realização em ambientes fechados.

Idosos e pessoas com mobilidade reduzida podem se exercitar subindo e descendo as escadas do próprio prédio, preferencialmente no final da manhã e no início da tarde.

Já pessoas com asma, sinusite e bronquite devem evitar exercícios em locais abertos para não agravarem seus quadros.

 

6) Check-up cardiológico

Realizar um check-up cardiológico é fundamental antes de qualquer tipo de prática esportiva. Algumas doenças cardíacas são silenciosas e assintomáticas, logo, só serão diagnosticadas com apoio de um profissional de saúde.

Só um médico é capaz de avaliar com segurança se a pessoa está apta para realizar atividades físicas e qual é a mais indicada para o seu perfil.

 

Hora do treino

Já deu para perceber que existem várias vantagens de romper com o sedentarismo em qualquer época do ano. Motivos não faltam para praticar atividade física no inverno.

Seu corpo agradecerá o seu empenho de sair para treinar até nos dias mais frios. Basta seguir os cuidados listados acima e esperar para colher os resultados.

A recompensa virá em forma de qualidade de vida e bem-estar. Nada mal, não é mesmo?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *